O tempo passa, e um dia a gente aprende...

Posted on 00:30




Engraçado... A mais ou menos um ano atrás eu comecei esse blog com um “desabafo”, uma saudade e uma dor que tomavam conta de mim, e agora é tão diferente! A dor, a dúvida, a saudade se tornaram coisas boas, sentimentos de paz, se é pra lembrar eu lembro sorrindo e apenas das coisas boas.

Acho que nenhum de nós lida bem com perdas, pensamos que todos que amamos são eternos e tal, e olha que eu nem era tão criança, mas eu não soube entender que tudo tem sua hora, e que nem sempre essa é a nossa hora certa. Às vezes eu acho que fui egoísta, essa história de “fulano foi para um lugar melhor” é verdade? Se for, então eu realmente fui muito egoísta em chorar e implorar pela volta de alguém que estava em um lugar TÃO melhor que aqui.

O tempo vai passando e vamos percebendo que independente da presença física, sentimos quem amamos por perto, em momentos bons, mas em momentos ruins também... Sabe quando você ta angustiado e alguma coisa não ta dando certo? Tem gente que apela pra santo, pra sei lá quem... Eu apelo pra quem realmente me amava e faria tudo por mim. Bizarrices? Pois é, jogo de futebol eliminatório, me fazem um pênalti... (Olha, o momento do pênalti é algo indescritível, adrenalina, medo, vontade, competitividade... Tudo junto!) A primeira coisa que fiz foi olhar pra cima e falar: “meee ajuuda, por favor, eu preciso acertar”, se foi ou não competência minha eu não sei, mas a bola foi no ângulo e passamos para a final. Hehehehe.

Sonhos, eu acredito neles... Acredito que muitas vezes o que sonhamos pode acontecer, as vezes sonhamos com algo que pensamos ou queremos muito, mesmo que seja um abraço! Por incrível que parece, logo depois do ocorrido eu sonhei com ele e FUGI dele no sonho, saí gritando e chorando enquanto ele abria os braços e dizia que me amava, acordei assustada e passei meses sem sonhar com ele, mas depois de muito tempo eu sonho novamente, dessa vez eu corri e o abracei muito forte, acordei com uma paz, com uma alegria inigualável, e posso garantir... Eu estive com ele, acreditem ou não.

Acho que meu maior medo era esquecer as pequenas coisas, a risada, o cheiro, o abraço, o sorriso, as brincadeiras, o carinho... Mas eu sei que isso é impossível de esquecer, porque quando realmente amamos com o coração as pessoas, tudo que elas fazem por nós fica guardado, melhor, em um lugar de onde ninguém pode tirar, são lembranças só nossas.

Então a cada dia que eu acordo eu desejo amar cada vez mais e mais cada pessoa que cruzar meu caminho e me trouxer felicidade, com perdas repentinas aprendemos o valor que tem um gesto, um carinho e o verdadeiro sentimento!

Um dia acontece... A gente tem que crescer ;D

A saudade sempre vai estar aqui, mas eu sei que ele está sempre comigo, aonde eu for, apoiando minhas decisões. E vou cumprir o que prometi, vou dar muito orgulho pra ele, mesmo estando longe!

Coisas além da Copa e do grito de GOL!

Posted on 22:39

Potz, como o tempo passou rápido. Estamos a alguns dias da Copa e o Brasil inteiro já está louco para dar os gritos de Goooooool. Atrevo-me a dizer que até as pessoas que não entendem nada de futebol em época de futebol passam a gostar (apesar de gritarem pênalti quando a bola ainda está no meio do campo. Hehehe).

Parece que tudo fica tão bem, todo mundo sorri, se reúne, faz churrasco, almoço em família, bagunça com os amigos... Adoro época de Copa, comprar coisas verdes e amarelas, pendurar pela casa, pintar a cara... Sinceramente eu sou mais Palmeirense do que brasileira, e várias pessoas já quiseram me matar quando eu disse isso, mas não vem ao caso.

Essa escalação do Dunga deu o que falar, né? Todo mundo quis dar um palpite, disse que levaria esse ou aquele, que o técnico não sabe o que faz! Ixi, deu tanto mucuvuco, tanto bafafá... Eu falei e reclamei... RECLAMEI MESMO!!! No dia em que a escalação saiu, eu parei no meio da rua em um bar pra assistir, fiquei inconformada, mas já que ele GANHA para fazer isso e já está feito, nos resta torcer... TORCER MUITO!

Seguinte, minha escalação seria diferente, mas aposto que também criticariam! Não tem como agradar todo mundo, isso é algo impossível!

Apesar de ser apaixonada MESMO por futebol, eu realmente espero que as pessoas não se esqueçam do mundo enquanto a bola corre e muito menos dos problemas, afinal, é sempre isso que acontece e então acaba a copa e está tudo uma maravilha...

E aí vai um pedido de uma menina de 15 anos que espera algo das pessoas que vivem nesse país, NÃO SE ESQUEÇAM QUE É ANO DE ELEIÇÃO, ou seja, espero que lembrem-se das merdas que os políticos fizeram e fazem, votem consciente, se é que isso é possível... Sei que não é fácil escolher entre o ruim e o péssimo, mas faz assim ó: Escolhe o menos pior! ;)

Beijos!

Aí vai minha escalação:

Meu time é campeão do SÉCULO, e o seu?

Posted on 19:11

video

Não sei de onde vem esse fanatismo, só sei que ele está dentro de mim. É algo inexplicável, é forte, sincero, agradável e muito difícil de conter. Acho que isso vem desde pirralha. Desde pequena sou apaixonada por futebol e não é por pressão, eu admirava aquela bola correndo e a vontade de chutar era uma coisa incontrolável, pois é... Eu jogava na rua com os meninos, e sabe porque isso foi bom? Por que menino não tem frescura, toma chute, bolada e continua lá, jogando e lutando pela vitória. Foi assim que aprendi, que criei amor por esse esporte e todo dia lá estava eu, correndo atrás da bola. Meu irmão, coitado... Escutou a vida toda “o que não veio de talento nos esportes para você, foi para a sua irmã, né? Vocês nasceram trocados”. Até meu pai tirava com a cara dele, mas sabe o melhor? Ele nunca ligou, sempre teve orgulho de me ver jogar, de falar como eu tinha que fazer as jogadas, ele me apoiou sempre.

Palmeiras... Ah, o PALMEIRAS! Quando a gente é criança todo mundo tenta influenciar, minha família então, puf... É uma mistura enorme de times, foi a maior confusão, mas como sou uma pessoa decidida e teimosa me tornei Palmeirense! Posso dizer que tudo dentro de mim é verde, toda a história desse time me encanta, todos os jogadores que colocaram o manto e bateram no peito defendendo de verdade, vão ter minha admiração eterna.

Sou daquelas pessoas que brigam mesmo por futebol, sou capaz de ficar 1, 2, 3, 4 horas discutindo sobre futebol, eu sei o que meu time fez, eu sei os jogadores e tenho ídolos, então se vier discutir, que venha com argumentos. Corinthianos, São Paulinos, Santistas, já briguei com tantos, gente que não sabia o que falar, não sabia do seu time e chegou com “Marcos é frango”... COMO ASSIM? NINGUÉM (N-I-N-G-U-É-M) chama o Marcão de frango. O cara é O CARA, ele salvou o Palmeiras, ele defendeu pênaltis importantíssimos (tirando o Corinthians da Libertadores dois anos consecutivos, né não? Um ano ele defendeu e o outro o Marcelinho carioca ficou com TANTO medo que errou, e olha que ele era O batedor), Marcos salvou a Copa de 2002, ele cresceu em cada final que o Palmeiras precisou, ele mostrou amor ao TIME e não ao dinheiro, negando propostas e ficando aqui. O cara passou por diversas cirurgias, algumas médicos disseram que ele nunca voltaria a jogar como antes, ele ficou afastado durante muito tempo, mas voltou com tudo, mostrando que quem sabe, SABE.

Verdão não está na sua melhor fase, sinto falta daquele time que entrava para ganhar, com raça. Cansaço? Essa palavra não existia. Um time que nenhum outro superava.

Tem alguns jogos que eu gosto de lembrar: 21 de maio de 1999, Palmeiras e Flamengo decidindo uma vaga na final da Copa do Brasil: http://www.youtube.com/watch?v=FCebgeX_3hI é incrível!

Torneio Rio-São Paulo 17/03/2002 Palmeiras X São Paulo: Alex jogador do Palmeiras recebe a bola na entrada da área, da chapéu no zagueiro e depois no Rogério Ceni e faz um GOLAÇO!

Paulista de 2008, o que foram aqueles jogos? O que foi aquele time no campeonato? Lembro do jogo contra o SPFC, Rogério ficou tão irritado em perder e com a dança do El Mago que até virou um tapinha na cara do jogador. Eu estava na final 5xO na Ponte Preta, foi lindo!

Libertadores de 99: Pênaltis. Corinthians precisava fazer, mas adivinha? O Grande batedor deles vai para bola e no gol estava nosso Santo, Marcelinho Carioca parte para a bola e “SÃAAAAAO MARCOS DEFEEENDE”

Libertadores de 2000: A história se repete... E só digo uma coisa... “ LIIBERTADORES O CORINTHIANS NUNCA VIU, E NEM VAI VER”

Ah!! São muitos...! Sabe? Eu sinto falta do Felipão, aquilo sim era técnico, ele conseguia mudar o time e levar uma força que não consegui ver até hoje.

E o que é essa diretoria? Preciso comentar?

Algumas pessoas se assustam com meu fanatismo, meus amigos já estão acostumados e quando alguém vem discutir sempre um deles entra no meio e fala “Faz qualquer coisa, mas não discute futebol com ela pelo amor de Deus.” Eu morro de rir. E quando algum professor vem tirar sarro, a Lari (minha amiga/irmã) sempre fala: “Luana, não são colegas, nem amigos, é o PROFESSOR, se controla”.

O que é aquela massa verde que domina o Palestra? “Torcida que canta e vibra”.

Lamento quem não tenha esse amor pelo futebol, vocês não sabem o que estão perdendo. Ir ao estádio, ficar rouca, gritar, torcer, chorar e vibrar não tem preço. Pode ser que um dia você tenha problema no coração, mas vai valer a pena.

“Se algum dia você não ver nossas bandeiras,
Se algum dia o tambor não tocar,
Se algum dia a nossa voz você não ouvir,
Então Palmeiras, o mundo vai acabar.
Se algum dia apagar a nossa chama,
Se algum dia a nossa fé nos faltar,
Se algum dia você não ouvir que TE AMO.
Então Palmeiras, O MUNDO VAI ACABAR”.

Graças a Deus eu sou verdão e ele está no meu coração. Ele ganhando, ele perdendo... Sou Palmeirense de coração!

Que venham mais vitórias, mais campeonatos, muitos gols e que tudo melhore. Eu te amo!


Ps: Eu tinha uma foto com todas as minhas coisas do Palmeiras, dá mais ou menos duas camas de casal, mas não encontrei, quando der tiro outra e posto aqui. Beijo!

Independente da distância...

Posted on 13:03




Achava esse negócio de conhecer as pessoas pela internet um pouco engraçado, pensava que era coisa de “u-hu, somos super amigos” e que depois de alguns meses acabaria. Pois é, me enganei, nesses últimos dois anos acabei conhecendo pessoas incríveis, cada uma com um jeito, uma característica marcante, uma mania, um ídolo e um jeito de ver as coisas... Enfim, quando você passa a conviver todo dia parece que essas pessoas deixam de ser distantes e invadem seu dia a dia, sua rotina, sua vida de uma forma que eu ainda não consegui explicar. Você fala dessas pessoas como se fossem amigos de infância e acaba encantando também a todos que estão a sua volta.

Posso garantir que durante esse longo tempo eu conquistei amizades que espero levar para a vida toda, pessoas que me apoiaram em TODOS os momentos, que me levaram ao céu, mas que também souberam colocar meu pé no chão... Pessoas que nunca deixaram eu perder a esperança de nada e sempre ao meu lado deram os melhores conselhos, as melhores risadas, as melhores conversas, situações impossíveis de esquecer.
Paramos e percebemos que estamos crescendo juntos, trocando experiências, um ensinando ao outro, sempre! Pode ser por telefonemas, cartas, presentes, MSN, gtalk, Orkut, skype, twitter... Não importa, o carinho SEMPRE chega, e, diga-se de passagem: Com MUITA intensidade. A diferença de uma pessoa que você nunca viu e que existe aquela coisa que fica na cabeça “Como ela é? A voz? É igual como no telefone? O abraço?” e todo dia milhões de perguntas ficam batucando a sua cabeça, e você não pode ter a resposta, afinal não tem ideia de quando vai encontrar essas pessoas.

Não conheci apenas pessoas da minha idade, conheci pessoas inteligentes, que já fizeram muito e ainda vão fazer. Pessoas que eu admiro de olhos fechados e tenho o maior orgulho de falar pra quem quiser ouvir. Me considero a pessoa mais sortuda do mundo por ter tido algum tipo de contato, alguma conversa. Aprendi. Ouvindo, lendo e trocando ideias... E então você percebe que não importa a idade você sempre vai levar alguém como um exemplo para você, alguém que você queira ser igual, que te inspire no jeito de fazer as coisas. Não importa quanto tempo às coisas durem, nem que seja algo passageiro ou eterno, cada palavra que essas pessoas falaram pra mim está guardada, e vou levar SEMPRE comigo. Conheci uma tal de Verena pelo twitter, e não nego que criei um enorme carinho, afinal pessoas maravilhosas tem um imã que atraí você, quando a conheci pessoalmente então, confesso, superou minhas expectativas ela sim é um exemplo. Também conheci a Mari, uma pessoa simplesmente maaravilhooosaa. Na verdade se eu pudesse desejaria que todos um dia pudessem conhecer essas duas figuras incríveis.

Os meus amigos?? Nossa, não tenho palavras... Meus companheiros, as pessoas para quem eu corro para contar as novidades, com quem eu compartilho segredos. É tudo não normal, virou uma rotina falar com eles... É como se nos encontrássemos TODOS os dias... Acho que não preciso citar nomes, todos sabem quem são, e que estão inclusos nessa minha generalização. Já acordei com SMS, já socorri alguns desesperados, já tive que guardar segredos absurdos, mas também já falei muita besteira, já dei muita risada, já senti abraços apertados através de pensamentos.

Acho que eu poderia ficar eternamente falando do meu ENORME carinho por meus amigos distantes, minha campinense e meus cariocas... Todos com um lugar VIP no meu coração!!! Eu nunca vou esquecer vocês e nossas aventuras juntos, desde o dia que nos conhecemos, passando pelo Altas Horas, até as conversas de madrugada. Vocês são tudo e um pouco mais que eu pedi!!

Beijo Enorme.
Amo todos vocês.

Se o mundo é mesmo parecido com o que vejo, prefiro acreditar no mundo do meu jeito!!!

Posted on 17:09


É. Ultimamente as únicas coisas que tenho visto são tragédias. Olho para televisão, jornais, revistas e é sempre a mesma coisa. Queria que isso pudesse parar e que tudo mudasse... Que fosse um pouco, melhor.

A vida das pessoas muda tão rápido, um dia você tem tudo e no outro não tem nada. Por isso esses dias mais do que nunca eu tenho parado para pensar, refletir... Sozinha. É engraçado por que as pessoas que convivem comigo me olham e falam “o que acontece com você? Anda tão na sua!”, sei que é estranho isso, mas eu não consigo parar de pensar nas notícias que vem como um jato nos meus ouvidos e invadem meu cotidiano de uma forma inexplicável.

“Se você soubesse que o mundo acabaria amanhã, o que faria?”. Não acredito que o mundo vai acabar do jeito que contam, são lendas, histórias... Acredite quem quiser! O mundo não está acabando do jeito que escrevem nas revistas, ou até como as pessoas falam. Para mim o mundo acaba para cada pessoa, mas parece que isso não importa muito, né? O ser humano às vezes é tão egoísta... ”enquanto não estiver me afetando eu vou estar bem”, mas quem disse que não vai te afetar? Que não vai afetar as pessoas que você ama? Por isso digo com a convicta certeza... APROVEITEM cada segundo com as pessoas que você ama, esqueça a distância, esqueça os problemas, crie o seu mundo e faça do seu jeito, faça o que quiser... CRIE... A imaginação é toda sua e isso NINGUÉM pode invadir, e muito menos te impedir e pensar.

Encurte as distâncias, fazendo com que seus sonhos se tornem palpáveis... Nunca se esqueça que SEMPRE vai ter alguém que te ame acima de tudo e que daria a vida por você. Dê valor a quem merece, saiba falar mais “sim” do que “não”. Abrace, beije, pule, comemore... chore. Não importa como, aproveite... Do seu jeito! AME... Sem preconceitos.

Uma notícia que recebi esse final de semana me abalou muito. Um amigo do meu irmão, 19 anos, faleceu. Como lidar com uma situação que você não espera? Uma pessoa que teria muito a fazer ainda!? Mas aconteceu. Olhar a irmã dele sofrendo, me fez pensar tanto, mas TANTO. E sabe por quê? Por que eu também tenho um irmão e meu amor por ele é além de qualquer coisa, eu mato e morro por aquele chatinho. Ele sempre me apoia nos meus sonhos (possíveis ou impossíveis). Eu não sei como seria minha vida sem ele, e sei que ele vai ser meu companheiro pro resto da vida. Eu vou sempre contar com ele (SEMPRE)... Aprendam. Todos os irmãos brigam e tem diferenças, mas o amor que um tem pelo outro supera tudo e faz sempre a admiração ser maior do que qualquer coisa.

Por isso, André Felipe... Eu te amo e daria minha vida por você.

Meus amigos, os que moram longe ou os que estão perto. Eu AMO vocês, do fundo do meu coração, que dure para sempre. Eu vou estar com vocês por todos os dias da minha vida, afinal o que está no coração ninguém tira! Obrigada por existirem, sem vocês não teria a MENOR graça!

"Já diziam os sábios que um homem em paz total consigo mesmo, mal natural nenhum poderá atingí-lo. Encha-se de energias positivas, sintonize-se com a natureza e com o universo, busque seu ponto de equilíbrio independentemente a onde ele estiver. As pessoas que amamos e que compartilhamos as nossas vidas, diariamente ou não, nos proporcionam a paz interior, a segurança e o bem-estar, tornando-se nosso ponto de equilíbrio!"

Saudade.

Posted on 15:10




Vamos lá, acho que já estou pronta para escrever.

Faz muito tempo que eu queria falar sobre tudo que senti a três meses atrás e como tive que aprender a conviver com isso.

Impressionante como de um dia pro outro ou em apenas algumas horas você pode perder o chão e tudo que era brincadeira, felicidade, risos, some! Por alguns dias você pensa que nunca mais vai sorrir, que nada vai ser como era antes, que não vai se acostumar com a ideia, a vontade é de desistir de fazer tudo que você gosta.

Há três meses atrás perdi aquele que me viu crescer, que vibrava comigo, que brincava, que me chamava de um apelido que só ele chamava, que tinha mania de brincar de me dar tapinha nas costas achando que tinha a mão leve, que quando eu chegava dava aquele abraço e quando eu saía dizia "que a luz divina te ilumine", me apoiava em jogar futebol e que adorava ver eu com meu jeito fanático vibrar pelo palmeiras.

Ele ensinou a ter humildade sempre e nunca tratar as pessoas diferentes independente de onde elas viessem, ensinamentos que ele passou para minha mãe, e que hoje eu tenho comigo, desde sempre. Eu aprendi que todas as pessoas gostam de um sorriso, precisam de um abraço e sabe? O abraço dele faz falta.

Toda quarta feira eu o via e ele sempre soltava aquela gargalhada gostosa quando minha mãe contava alguma coisa que eu tinha feito, ele achava engraçado o jeito de moleca que eu pulava muro, subia em árvore, jogava bola (sem perder a classe) hahahaha.

Alguns dias antes tinha sido o aniversário dele e foi surpresa, ele ficou tão feliz em ter todos os netos e as pessoas que ele amava lá. Ele fez um discurso que no momento eu não dei TANTA importância, achei que era coisa de aniversario e nada mais. O último abraço que eu dei nele foi ótimo, apertado, como todos os outros, eu sabia que iria vê-lo de novo. Pois é, achei e me enganei, fui dormir tarde, como a maioria dos dias das férias quando as 6h da manhã acordo com a minha mãe gritando, desesperada se vestindo, eu estava com muito sono, e apenas perguntei “o que aconteceu?’’ ela me respondeu “seu avô passou mal, estamos indo lá”, esse “passou mal” para mim era tipo “vamos ao médico e tudo ficará bem", ela perguntou se eu queria ir com ela mas eu preferi ficar em casa, claro que eu estava super preocupada, mas não gosto de participar de momentos em que pessoas que eu amo não passam bem, meu irmão logo pulou da cama dizendo que iria, eu muito cansada dormi de novo. Acordei com meu pai sentado na ponta da minha cama junto ao meu irmão, abri o olho assustada quando ele disse ‘filha, preciso te dizer uma coisa’, ele tava com a voz triste, e meu irmão tentando disfarçar um pouco, eu já comecei a chorar, me afastando e levantando devagar fui dizendo ‘me fala, me fala logo, o que aconteceu?’, e ouvi aquela frase que eu nunca desejaria ter ouvido, a frase que até hoje mais doeu meu coração, foi como uma facada, não dá para explicar, “o vovô morreu”, eu comecei a chorar desesperadamente e eles não aguentaram e choraram comigo, me abraçaram, e eu dizia que era mentira, que não podia ser, que ainda tinha jeito, mas eles não conseguiram alimentar minha grande esperança.

Chorei, chorei, chorei e chorei muito, acho que nesses momentos é o que conseguimos fazer, chorar e nos culparmos por não ter feito isso ou aquilo.

Fiquei sozinha enquanto eles tinham que resolver tudo, eu queria ficar sozinha, mas não deu, comecei a receber telefonemas, dos meus amigos e da família, queriam me dar uma força e tal, mas eu dizia que não queria nada, que tudo tinha acabado e que nada mais tinha sentido e eles diziam que a Luana alegre, brincalhona, e animada não podia acabar ali, que isso é uma fatalidade da vida. Mas essa Luana ficou de lado durante um tempo.

Pois é, vocês devem imaginar como eu me senti, depois disso teve o velório, que durou a madrugada inteira até as 9h da manhã, não dormi um segundo, mas fiz companhia para todos que precisavam de mim e abracei meus primos, muito, principalmente os menores. Foi um dia triste, uma madrugada longa, mas eu fiquei horas do lado daquela figura maravilhosa que era meu avô.

Queria ter beijado, abraçado e dito “EU TE AMO” muito mais, mas ele foi tão rápido. Eu sinto falta dele, muita, às vezes o choro se torna incontrolável, falar sozinha se torna um hábito comum, mas eu sei que ele ainda está comigo, onde eu for, e que ele ainda vai se orgulhar muito de mim. Meu sonho não se realizou por completo, não tive ele nos meus 15 anos, e ele queria estar lá, ele tava acompanhando tudo e estava feliz.

Meu amor por ele não tem explicação, ninguém nunca vai conseguir entender, esse texto não é nem 1/3 de tudo que ele representa pra mim.

Enfim... A Saudade é eterna, o amor continua transbordando, a admiração a cada dia aumenta mais, no meu coração e na minha mente você vai permanecer enquanto eu respirar. Te amo muito.

“Mesmo sozinha sei, Que estás perto de mim, Quando triste olho pro céu”

Ps: Beijem, abracem e falem muito "EU TE AMO" para as pessoas que você ama, por que sério, você vai sentir falta de fazer isso quando eles não estiverem mais aqui.